Placa-mãe PCWare IPMH81G1 1150 DDR3 não liga!

Olá.

A placa-mãe PCWare IPMH81G1 tem soquete 1150 compatível com processadores Intel i3, i5 e i7 e slots de memória RAM DDR3 com capacidade de até 16Gb. Ainda é uma peça bastante competitiva e a mesma não ligava. Veremos o porquê.



Com a fonte ATX conectada na placa-mãe, o fio verde de 5V tinha 4,90V. Parece pouca coisa, acredite, não é. É uma evidência que algo não está legal. Fez-se um curto entre fio verde e preto para "forçar" a placa-mãe a ligar e o regulador de tensão esquentou. No esquema, a serigrafia é Q61. Este componente tem o objetivo de receber os 5V do fio verde (PS_ON) e converter em 3V para alimentar, nesta placa, a PCH e o Super I/O. O modelo é L1085DG. Abaixo é o componente com 3 pinos e entre os 2 capacitores eletrolíticos.



O L1085DG estava em curto e foi encontrado o AZ1085D com as mesmas tensões de entrada e saída, corrente e pinagem para fazer a substituição do L1085DG. Como saber se são compatíveis? Fácil, procure pela folha de dados de ambos, a pinagem deve ser assim:

Tudo resolvido? Quem dera, caro leitor. A linha de 3V ainda estava em curto com o terra da placa, justamente a linha de saída do regulador de tensão, o pino 2. Se recorda que acima foi dito que essa era a alimentação da PCH e do Super I/O? Então, o curto poderia estar em um deles. Conferindo o datasheet, identificamos que após o resistor OR26, a linha de 3V se convertia em 3VSB e rumava para o pino 95 do Super I/O modelo IT8620E. Neste caso, o resistor serviu como um "dividor" da linha para poder conferir se o pino 95 estaria em curto com o terra. O resultado? Não estava. Super I/O intacto.



Na PCH, não restou dúvidas. Todos os capacitores sobre o CI da PCH estavam em curto. Diante disso, condenou-se a placa e foi descartada.


Márcio

Comentários